Você está em Home >> Puericultura >> Primeiros passos

Siga:                         Já fez o seu cadastro? Entre aqui.

Primeiros passos

Uma das fases mais emocionantes para os pais é quando os filhos começam a andar. Também é o primeiro grito de independência dos bebês, que se sentem livres, prontos para descobrir o mundo ao redor deles. Se seu filho está engatinhando pela casa e fica em pé se apoiando nos móveis, saiba que falta muito pouco para ele começar a andar.

Para que ele dê os primeiros passinhos, você também pode ajudá-lo. Os pais devem criar situações que estimulem o bebê a querer se mexer, como colocar um brinquedo a uma certa distância para ela ir buscar ou ficar próximo para que a criança vá ao seu encontro.

 

Quais são as dicas para estimular o bebê a dar os primeiros passos?

É importante criar desafios para estimular o bebê. Por exemplo, colocar um brinquedo ou um objeto sonoro e colorido um pouco longe da criança é um incentivo para fazer com que ela queira pegar o objeto. Mas o brinquedo não deve ser colocado muito distante, pois se o bebê não conseguir alcançá-lo, ele pode se sentir frustrado e evitar as próximas vezes. Quando a mãe ou o pai chamam o filho também é um estímulo para a locomoção. Outra dica importante: quando a criança já está madura o suficiente para andar, é preciso colocá-la em pé com apoio. Assim, através da propriocepção (percepção do próprio corpo), ela começa a conhecer a posição em pé.

 

O andador está liberado?

O uso do andador é perigoso e deve ser evitado. Ele é responsável por um número cada vez maior de acidentes, sendo a maior causador de traumatismo crânio-encefálico nos pequenos. Crianças colocadas no andador sem supervisão constante de um adulto podem rolar pelas escadas ou cair sobre si mesmas. Além disso, o andador cria uma distância entre o chão e os pés da criança, que fica ligeiramente suspensa. Isso faz com que a criança tenha uma tendência de tocar o chão com a ponta dos pés, quando deveria fazer isso com o pé todo. O resultado pode ser uma postura viciosa ao andar ou o atraso no desenvolvimento da marcha.

 

A criança deve usar calçados apropriados?

Sim. Os sapatos devem ser apropriados, leves e flexíveis. Evite sapatos de borracha ou com númerous maiores, assim os pés não ficam escorregando sobre os mesmos. Andar somente de meias também deve ser evitado pois diminui o atrito com o chão, aumentando a chance do bebê escorregar. Se possível, o aprender a andar deve ser adquirido com os pés no chão, ou seja, com os pés descalços.

 

Como fazer com que a criança se sinta mais segura para dar os primeiros passos?

Evitar que a criança se machuque nesta etapa tão importante do desenvolvimento infantil é fundamental para que ela adquira confiança. É importante que a criança seja sempre supervisionada por um adulto e que este sirva de apoio e vá soltando a criança aos poucos à medida que ela se sinta segura. Não repreender alguns passos em falso também é importante. A criança deve ser estimulada para que alcance o máximo de suas potencialidades. 

 

Fonte: Site Chris Flores / Clínica Infantil Reibscheid

 

| Enviar para um amigo | Imprimir | Comentar

 

Comentários

milena

A meu filho tem apenas 3 meses e e estou louca de ver a hora de vê-lo andano pela casa vai ser muito bom

Milena, é realmente emocionante. Espere que você irá gostar...

Pediatria em foco

Atualidades | Comportamento | Doenças comuns | Higiene | MÍDIA | Nutrição | Puericultura | Saúde | Segurança | Vacinas | Curva do crescimento
DICAS | PERGUNTAS FREQUENTES | Cadastre-se

Pediatria em Foco © 2012. Todos os direitos reservados.

 

Clinica Infantil Reibscheid

Clínica Reibscheid | Links | Localização | Fale Conosco

Clínica Infantil Reibscheid © 2012. Todos os direitos reservados.

Telofone:  11 3801-2676

Horário de funcionamento / atendimento: Segunda a sexta, das 10h às 19h

 

Desenvolvido por: Floot Digital