Você está em Home >> Doenças comuns >> Molusco contagioso

Siga:                         Já fez o seu cadastro? Entre aqui.

Molusco contagioso

O que é e como se pega?

Molusco contagioso é uma doença viral da pele causada por um poxvírus, o maior vírus já encontrado, que mede cerca de 300 nm. É mais comum em crianças do que em adultos, mas também pode acometer adultos nas áreas de pele mais fina. A doença é transmitida pelo contato direto com portadores da doença. É muito comum o seu aparecimento em crianças que tenham algum tipo de alergia. O molusco contagioso também pode ser transmitido por via sexual, e nesses casos as lesões costumam aparecer na região genital ou anal.

Alguns estudos mostram que a transmissão pode ocorrer não só através da forma direta (contato direto com as lesões), mas também através da forma indireta, através de toalhas, roupas e flanelas. Além disso, vários especialistas defendem que águas de piscina funcionam como um ambiente ou veículo propício para a transmissão da doença.

Entretanto, embora as lesões contenham milhões de partículas de vírus, a taxa de infectividade é pequena. É uma doença muito comum em pacientes com AIDS, e nestes casos as lesões de pele tendem a se espalhar pelo corpo.Nas pessoas imunocompetentes (ou seja, que não possuem nenhuma doença que afete o sistema de defesa do corpo), a doença é benigna e autolimitada, ou seja, regride espontaneamente em seis meses a quatro anos. Nos pacientes imunodeprimidos (pessoas que têm uma diminuição das defesas do corpo), especialmente pessoas infectadas pelo HIV, as lesões podem ser disseminadas por todo o corpo, com grandes dimensões, acometendo intensamente a face, e em muitos casos são refratárias aos tratamentos.

 

Como são as lesões de pele do molusco contagioso?

As lesões são pápulas (carocinhos) globosas, umbilicadas, brilhantes, da cor da pele e de tamanhos variados. Geralmente as lesões medemem torno de 0,5 cm, e em pacientes imunodeprimidos (como pacientes com AIDS, por exemplo), as lesões podem ser maiores e mais numerosas. No adulto, a região mais freqüente de aparecimento dos “caroços brilhantes” é a área genital, enquanto nas crianças as regiões mais acometidas são o rosto, tronco e membros superiores.

As lesões em geral não causam nenhum sintoma, mas se inflamadas ou irritadas podem causar coceira ou ardência. Em alguns pacientes o molusco contagioso se dissemina rapidamente, atingindo centenas de lesões. Em pessoas saudáveis, o molusco contagioso não é grave, é uma doença benigna, mas que deve ser tratada.

 

Como é feito o diagnóstico do molusco contagioso?

Como as lesões do molusco contagioso são bem características, o diagnostico é clínico, ou seja, o médico consegue fazer o diagnóstico apenas olhando as lesões do paciente. Nos casos de dúvida, é feita uma biópsia das lesões.

 

Como é o tratamento do molusco contagioso?

O tratamento varia conforme a idade do doente, do número de lesões, localização das lesões e presença ou não de sinais inflamatórios. O método mais usado é a curetagem, que consiste em arrancar as lesões e depois cauterizá-las com a aplicação de tintura de iodo. Outras alternativas são a crioterapia (aplicação de nitrogênio líquido nas lesões), aplicação de ácido tricloroacético ou hidróxido de potássio nas lesões até o seu desaparecimento ou uso prolongado de uma pomada com lisozima, uma substância antiinflamátoria, que provoca uma reação imunológica na pele que estimula a cura das lesões.

O paciente é reexaminado pelo médico após o tratamento em intervalos de 2 semanas a 2 meses para tratar possíveis lesões que aparecem posteriormente. Além disso, em adultos, quando as regiões são na área genital ou anal, deve-se examinar também o parceiro sexual.

Por: Dra. Maria Eduarda B. F. Arger 

 

| Enviar para um amigo | Imprimir | Comentar

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado

Pediatria em foco

Atualidades | Comportamento | Doenças comuns | Higiene | MÍDIA | Nutrição | Puericultura | Saúde | Segurança | Vacinas | Curva do crescimento
DICAS | PERGUNTAS FREQUENTES | Cadastre-se

Pediatria em Foco © 2012. Todos os direitos reservados.

 

Clinica Infantil Reibscheid

Clínica Reibscheid | Links | Localização | Fale Conosco

Clínica Infantil Reibscheid © 2012. Todos os direitos reservados.

Telofone:  11 3801-2676

Horário de funcionamento / atendimento: Segunda a sexta, das 10h às 19h

 

Desenvolvido por: Floot Digital